Frontpage Slideshow (version 2.0.0) - Copyright © 2006-2008 by JoomlaWorks
Início Exposições Exposições Anteriores
PABLO SERRANO
Exposição «Escultura e obras em Papel»
31 de Janeiro a 29 de Março de 2015

 xxl PABLO

 De Pablo Serrano (1908-1985) será apresentada no Centro Cultural de Cascais uma série de desenhos através da qual poderá o visitante apreender o lado mais íntimo e sentimental de um grande artista espanhol que moldou a sua personalidade longe da pátria, dado que as três décadas que viveu fora do país (Argentina e Uruguai) correspondem ao período de maior produtividade na disciplina em que firmou, de forma pujante, o seu brilhante percurso: a escultura – "um meio de expressão que dá forma concreta ao pensamento." Regressado a Espanha em 1955, já consagrado na América do Sul é, desde logo, incorporado na vanguarda artística espanhola, sendo fundador do grupo El Paso, conquanto a sua obra não encaixe completamente em nenhum dos movimentos de vanguarda existentes no seu país. Recupera materiais e técnicas como a forja e o ferro e trabalha a figura humana tanto na sua forma expressiva como monumental.

Continuar...
 
HENRIQUE REIS

Exposição «Connections»
24 de Janeiro a 22 de Março de 2015

 

xxl henrique reis 750x250
 
 
O discurso plástico é pautado por um universo onde se assiste à vivência do sublime, pretendendo estabelecer-se uma conexão entre os mundos interior/exterior de cada sujeito: é o lugar do espaço, do tempo, da imaginação, da busca do eu, numa sociedade que teima em mover-se em direção à desumanização.
Continuar...
 
CHRISTOS TH. BOKOROS

Exposição No Caminho da Essência

8 de março a 25 de maio de 2014
 
xxl BOKOROS 750x250
 
O percurso pictórico de Christos Bokoros - «exercício de autognose», nas suas próprias palavras – acompanha e equaciona questões que compõem a natureza da essência do Homem: memória individual e colectiva, realidade, verdade, eternidade. A sua obra apresenta a posição que adopta face a elas, na sua dedicação de reflexão sobre a função da pintura na configuração da relação que temos com o nosso mundo exterior e interior. No seu conjunto, é um percurso que aborda com dedicação o «universo difícil» do espiritual na Arte – uma arte que seja nossa, pois interroga quem somos.
Continuar...
 
CARLOS MARQUES

Exposição Sete olhares e 21 relicários

4 de Outubro a 11 de Janeiro

 

xxl CMARQUES 750x250

 

A atitude autossuficiente e a procura insistente e depurada de Brancusi, a expansão e a simulação do movimento em César, os cabos, as amarras e a atitude interventiva de Christo, a conquista linear do espaço em Giacometti, a eleição do percurso em Long, a ortogonalidade de Lewit, a obliquidade das superfícies, o equilíbrio e a escala em Serra, são elementos que reconheço como factores de referência importante para o trabalho que desenvolvo.
Para esta exposição trabalhei a memória como exorcismo pessoal e homenagem a estes artistas, tendo, pelo seu carácter simbólico mágico e até sagrado, utilizado o número sete como estrutura de montagem.

Continuar...
 
DORINDO CARVALHO

Exposição Desenho e Obra Gráfica

2 de maio a 22 de junho de 2014
 
xxl dorindo 750x250

 

Dorindo Carvalho é um artista plástico português de reconhecido mérito cuja polivalência abrange modalidades tão distintas como o desenho, a pintura, o cinema de animação, a fotografia, a cenografia e a gravura. Natural de Lisboa, onde nasceu em 1937; cursou a Escola de Artes Decorativas António Arroio; foi expedicionário, tendo participado em Luanda em várias exposições e colaborado com o Teatro Experimental, para o qual concebeu cenários e figurinos; ilustrou, escreveu e editou livros para crianças. Emigrante na Venezuela depois de ter percorrido a Europa, leccionou desenho gráfico nos mais importantes institutos de Caracas. Colaborou como ilustrador em dezenas de jornais e revistas e tornou-se conhecido pelo excelente nível das capas para livros de escritores dos mais relevantes da sua contemporaneidade. Premiado em Portugal e no estrangeiro, a sua obra está representada em diversos organismos e colecções particulares de Portugal, Venezuela, Brasil, Inglaterra, Itália e África do Sul.

Continuar...
 
VALTER VINAGRE

Exposição Para

15 de novembro a 11 de janeiro
 
Valter Vinagre 2014

 

"As fotografias de Valter Vinagre da série "PARA" não mostram gente, mas é decididamente de gente que falam. Fazem-no de um modo subterrâneo, como subterrâneo é o fenómeno inscrito em todas elas. Uma homenagem fúnebre a gente que desapareceu do mundo dos vivos numa fracção de segundos. Porque a estrada estava mal pavimentada, porque o "relevê" da curva estava "ao contrário", porque havia óleo ou chuva na estrada, porque alguém não mediu bem a distância para uma ultrapassagem, porque alguém se distraiu a acender um cigarro ou a mudar um CD. Porque, porque, porque... as justificações são aqui pouco importantes. Estas imagens não penetram o círculo jornalístico e imediato da morte. Enunciam uma dor abstrata, mas não se apartam dela...

Continuar...
 


Em Destaque

Man Ray Noire et Blanche Paris 1926 185

EM ABRIL, NA CASA SOMMER

...

CONVERSAS 185

RAÚL LINO E A CASA DE SANTA MARIA, OU UM POSSÍVEL ARQUITETAR DE CASAS SIMPLES... ...

Agenda

<<  Abril 2017  >>
 Se  Te  Qu  Qu  Se  Sá  Do 
       1  2
  3  4  5  6  7  8  9
10111213141516
17181920212223
24252627282930