Frontpage Slideshow (version 2.0.0) - Copyright © 2006-2008 by JoomlaWorks

 

Patrono_01small

   
Dom Luís I
 
Foi rei de Portugal de 1861 a 1889. Nasceu em Lisboa em 31 de Outubro de 1838 e veio a morrer em Cascais em 1889, aos 51 anos.
 
D. Luís era filho de D. Maria II e de D. Fernando de Saxe-Coburgo-Gota. Herdou o trono quando tinha 23 anos,  por morte do seu irmão mais velho,  D. Pedro V, que não tinha descendentes.
 
Casou com D. Maria Pia de Sabóia, filha de Victor Emanuel II, rei de Itália.
 
D. Luís era um homem muito culto e de grande sensibilidade artística. Pintava, compunha e gostava de tocar piano e violoncelo, existindo ainda, em perfeito estado de conservação, o seu violoncelo favorito, construido por Stradivarius. Falava correctamente diversas línguas e fez traduções de Shakespeare. Mas era principalmente um homem das Ciências, com uma enorme paixão pela oceanografia, financiando projectos científicos e importantes pesquisas oceanográficas em busca de espécimes dos “7 mares”.
 
Monarca simpático, muito educado e de temperamento calmo e conciliador, D. Luís era respeitador escrupuloso das liberdades individuais. Do seu reinado ficam para a história três grandes momentos civilizacionais para Portugal e até para o Mundo: a abolição da pena de morte, a abolição da escravatura e a publicação do primeiro Código Civil.
 
D. Luís morreu no seu palácio de Verão, na Cidadela de Cascais, em 19 de Outubro de 1889. O povo deu-lhe o cognome de o Popular. Eça de Queiroz chamou-lhe o Bom.
     
 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Agenda

<<  Outubro 2017  >>
 Se  Te  Qu  Qu  Se  Sá  Do 
        1
  2  3  4  5  6  7  8
  9101112131415
16171819202122
23242526272829
3031