Frontpage Slideshow (version 2.0.0) - Copyright © 2006-2008 by JoomlaWorks
Início envolve-te OITOxOITO

oito 185

 

 

 

 

 

 

 

 

 

OITOxOITO é um programa que pretende contribuir para a afirmação e visibilidade de jovens artistas emergentes. Este ciclo de oito exposições, que pode ser considerado um espaço de experimentação para novos criadores, vai acolher e mostrar o trabalho de oito jovens com formações e percursos diferentes, abrindo espaço à multiplicidade de linguagens das artes contemporâneas e à diversidade dos objetos artísticos que delas podem resultar.

 

 

 755372 OITOxOITO

 

 

A Fundação D. Luís I e a Câmara Municipal de Cascais, no âmbito da Capital Europeia da Juventude 2018, apresentam "oitoxoito", um ciclo de oito exposições, que pretende contribuir para a afirmação e visibilidade de oito jovens artistas emergentes. "oitoxoito" decorrerá entre março e dezembro no Centro Cultural de Cascais.

Este ciclo, um espaço de experimentação para novos criadores, irá acolher e mostrar o trabalho de jovens com formações e percursos diferentes, abrindo espaço à multiplicidade de linguagens das artes contemporâneas e à diversidade dos objetos artísticos que delas podem resultar.

 

 

 

 755372 OITOxOITO jessica rosa

 

Á descoberta das figurações e geometrias em composições abstractas.

Reflectir o significado de imaginação e imaginário, obrigando o observador a decidir o que vê e partilhar com o próximo, considerando que arte só existe através de diálogo e discurso de opiniões acerca da mesma. O que um vê nem todos veem.
Pormenores únicos são alcançados em fragmentos de algo maior.

 

 

Jessica Rosa nasceu a 27 de Novembro de 1992, em Lisboa. Após finalizar o ensino secundário em Artes Visuais (2010), estudou Desenho de Modelo Vivo no Centro de Arte e Comunicação Visual (a.r.c.o). Licenciada em Artes Plásticas pela Universidade Lusófona de Humanidades e Tecnologias (2014-17). Co-autora de obra pública no exterior do E.Leclerc em S.Domingos Rana (2015-16).Participação no OVER&OUT de 2015 e 2016. Projecto e pintura mural no exterior do campus da Universidade Lusófona (ULHT) em 2016. Participou na exposição OVER&OUT 2017, no Hospital Militar da Estrela, ganhando o segundo prémio de Artes Visuais com Livros de Artista.

 

 

 

 

 

 

 

755372 OITOxOITO dianacoelho

 

A artista plástica Diana Coelho apresenta "NUVENS". Trata-se de uma videoinstalação interativa, em que a audiência é a própria forma performativa. Com foco no conceito de termodinâmica – calor, energia em movimento -, a mostra permite "uma consciência profunda do corpo do visitante". No Centro Cultural de Cascais, de 14 de abril a 13 de maio, NUVENS é a segunda exposição de "oitoxoito", um ciclo de oito mostras, que promove o trabalho de artistas emergentes, com formações e percursos diferentes e decorre no âmbito de Cascais Capital Europeia da Juventude 2018.
Nascida em 1987, Diana Coelho domina o conceito de performance como um ato de dar forma. Assume, por isso, a direção de projetos transdisciplinares utilizando o próprio corpo como ferramenta para a objetivação conceptual. Diana Coelho aposta numa linha de trabalho focado na educação pela arte e integração da vida na criação de objetos artísticos, dedicando-se a vários projetos, entre os quais o UMBIGO - Teatro minimal para a infância poética, que realizou com a sua filha a partir dos 3 meses de idade. Em 2012 foi distinguida com o prémio de melhor atriz, em Guimarães Capital Europeia da Cultura.

O projeto NUVENS foi já apresentado internacionalmente e chega agora ao Centro Cultural de Cascais, integrado no ciclo de exposições oitoxoito. A iniciativa, que pretende ser um espaço de experimentação para novos criadores, acolhe e mostra até dezembro o trabalho de jovens com formações e percursos diferentes, abrindo espaço à multiplicidade de linguagens das artes contemporâneas e à diversidade dos objetos artísticos que delas podem resultar.

 

Diana Coelho, Nascida em 1987, Diana Coelho domina o conceito de performance como um ato de dar forma. Assume, por isso, a direção de projetos transdisciplinares utilizando o próprio corpo como ferramenta para a objetivação conceptual. Diana Coelho aposta numa linha de trabalho focado na educação pela arte e integração da vida na criação de objetos artísticos, dedicando-se a vários projetos, entre os quais o UMBIGO - Teatro minimal para a infância poética, que realizou com a sua filha a partir dos 3 meses de idade. Em 2012 foi distinguida com o prémio de melhor atriz, em Guimarães Capital Europeia da Cultura.

 

 

 

 755372 OITOxOITO saaverda

 

 

Lenta, mas inexoravelmente, à vida vai faltando brilho e fôlego, embora ainda haja alma. Em cinco dias, suavemente, quase sem dor, Ana termina o seu caminho. E esse foi tempo exato do projeto "Ana", que resultou de um pressentimento e da vontade imensa de prender o que nos escapa.
"Ana" é um olhar de carinho muito emocionado de um enorme amigo. É a luz sobre objetos e gestos que ele amaria prender. Guardar no seu coração o coração de uma mulher discreta, suave, mas firme e decidida que com ele riu de disparates e ensinou sobre a vida.
"Ana" presta homenagem a todas as mulheres do mundo que, aparentemente frágeis e vulneráveis, são, decididamente, inquebráveis, inesquecíveis e exemplares para todos nós.

 

 

Bruno Saavedra nasceu em 1987 na cidade de Itamarajú, Bahia, no Brasil, onde em criança se deixou fascinar pela fotografia. Em 2004 veio residir para Portugal. Viveu três anos em Macau, na China (2011/2014), onde se dedicou e trabalhou em diversas atividades artísticas de animação sociocultural na Casa de Portugal em Macau e iniciou o estudo da fotografia com António Duarte Mil-Homens. Em Lisboa, fez o curso de maquilhagem da Lisboa Make-Up School - 2014 - o curso de fotografia anual da Restart- Instituto de Criatividade, Artes e Novas Tecnologias - 2015/2016 – o Workshop Food Photography com o fotografo Jorge Simão - 2016 - e o 5º Workshop Narrativas fotográficas do Intendente com a fotografa Pauliana Valente Pimentel – 2016/2017, que resultou na exposição MADE IN CHINA. Desde de 2015 tem vindo a apresentar a exposição FLAVORS em diversas galerias e espaços culturais. Em novembro de 2017 apresentou POSSIBILITY, no espaço Deleme Artes, em Lisboa. Tem colaborado com o o fotógrafo Valter Vinagre. Trabalha como fotógrafo free-lancer.

 

 Link de Acesso ao mini site do Evento

 

 

Agenda

<<  Novembro 2018  >>
 Se  Te  Qu  Qu  Se  Sá  Do 
     1  2  3  4
  5  6  7  8  91011
12131415161718
19202122232425
2627282930