Frontpage Slideshow (version 2.0.0) - Copyright © 2006-2008 by JoomlaWorks
Início Outros Percursos Conferência Internacional

HTFYUF 185x154

 

 

 

 

 

 

Conferência Internacional Gestão de Orquestras no séc. XXI | Cascais 2017

15-18 Junho | Centro Cultural de Cascais 

 

 

A Orquestra de Câmara de Cascais e Oeiras em parceria com a Fundação D. Luís I vai organizar uma conferência internacional com o objetivo de discutir os problemas que as orquestras e outras instituições na área de música erudita enfrentam no início do sec. XXI e os caminhos para a sua resolução.

Vão ser discutidas questões relacionadas com a captação de mais financiamento público e privado, formas e caminhos para o aumento do público de todas as idades, o papel das instituições na educação, a utilização das novas tecnologias na divulgação da música erudita e as características específicas na gestão de uma instituição desta natureza.

Estão convidados especialistas de várias áreas e países como Christopher Widauer da Ópera de Viena, Géza Kovács da Associação das orquestras húngaras e Presidente da PEARLE – Liga Europeia das Associações dos Empregadores de Artes Preformativas, Mark Pemberton da Associação das orquestras britânicas, Elena Dubinets - Vice-President da Orquestra Sinfónica de Seattle, Estados Unidos, Momchil Georgiev membro da Direção da Rádio Nacional Búlgara.

 

 

Christopher Widauer


Vienna State Opera

 

Tema de apresentação

Opera 4.0 – Etapas Digitais para Ópera e Concerto. Desenvolvimento, oportunidades, riscos, potencial da Internet para locais culturais.
 

 

Biografia
Nasceu em Salzburgo em 1961. Depois de 4 anos como professor assistente na Universidade de Salzburg, mudou-se para a gestão musical, trabalhando na Alemanha e na Áustria. Como diretor de um festival de música internacional, desenvolveu um software de emissão de bilhetes que agora é utilizado em locais de prestígio no mundo da língua alemã. Depois de ter feito uma turné internacional com a sua companhia de teatro privado de Viena, juntou-se ao Comissariado da Cidade para Assuntos Culturais em 2010 como Chefe do Departamento de Artes Cénicas e desenvolveu uma Estratégia de Conteúdo Cultural Digital com base em pesquisas de escala global, em estreita colaboração com a BCG. Em março de 2013 foi contratado por Dominique Meyer, Diretor Geral da Ópera Estatal de Viena, para desenvolver e implementar um impulso de digitalização. Até outubro de 2013, ele e suas equipas desenvolveram a Ópera Estatal de Viena, tornando-se um produtor e distribuidor totalmente independente de conteúdos digitais ao vivo de alta qualidade. Christopher Widauer foi responsável pela concepção e configuração de infra-estruturas de última geração - câmaras remotas, novos estúdios de áudio e vídeo, marca d'água interna, codificação e tecnologia de transcodificação - desenvolvimento de uma solução de software complexa com backend, CMS, website, mobile e SmartTV Apps e conteúdo sincronizado Second Screen, o recrutamento e formação de 20 novos funcionários, bem como o desenvolvimento de novos fluxos de trabalho para todos os departamentos envolvidos da ópera. Com o staatsoperlive.com, o Vienna State Opera exibiu com sucesso o primeiro stream UHD ao vivo em maio de 2014 e lançou o primeiro serviço ao vivo em UHD em setembro de 2015, tendo desenvolvido e instalado a tecnologia de produção e codificação também. Para esta inovação de ponta em estreita colaboração com os principais parceiros do mercado global, a Vienna State Opera foi homenageada com o prestigiado Prémio Especial IBC em Amsterdão em 2014 e o Prémio Nacional Austríaco para eMedia em 2015.

 

 

 

Géza Kovács


Associação da Orquestra Nacionais Húngaras
Presidente da PEARLE – Liga Europeia das Associações dos Empregadores de Artes Preformativas

 

Tema de apresentação 

Educação Musical e Orquestras

 

Biografia
Nasceu em 1955 em Tura, Hungria. Começou a sua carreira como mestre de coro e gerente cultural, organizando festivais de artes nacionais e internacionais. De 1989 a 1995, foi Diretor Administrativo da Orquestra Sinfónica MÁV de Budapeste. Desde 1995, exerce o cargo de Director-Geral da antiga Orquestra Estadual Húngara, desde 1998 com o seu novo nome de Coro de Orquestra Filarmónica Nacional e Biblioteca de Música. Desde 1994, é Presidente da Associação das Orquestras Húngaras. Em 1998, foi nomeado Vice-Presidente do Conselho Húngaro de Música. É membro da Liga das Associações de Empregadores de Artes da Europa (PEARLE) desde 1996 e membro do Comité Executivo desde 2000, Vice-Presidente desde 2014. Foi membro da International Society for the Performing Arts (ISPA) desde 2004, membro do Conselho de Administração desde 2008. Desde 2015 é membro do Conselho de Administração da MusiQue (organismo externo de avaliação das instituições de ensino superior da Europa e do mundo). Tem leccionado em várias universidades, dirigindo filmes documentais para uma multiplicidade de canais de televisão e publicando ensaios e artigos na Hungria e noutros países. Foi reconhecido com o Prémio ISPA Patrick Hayes em Nova Iorque em 2014.

 

 

 

Mark Pemberton


Presidente do Conselho Nacional de Música Reino Unido

 

Tema de apresentação 

O desafio do modelo de negócios de Orquestras

 

Biografia
É diretor da Associação de Orquestras Britânicas, que existe para defender, conectar e desenvolver orquestras profissionais em todo o Reino Unido. Depois de se formar na Universidade de Oxford, iniciou a sua carreira em administração de artes como administrador da companhia de teatro de turismo profissional Quicksilver Theatre for Children, antes de se mudar para o Drama Center London como seu administrador geral e o Mountview Theatre School como chefe de Desenvolvimento e Marketing. Antes de ingressar na ABO, foi diretor executivo da Associação Nacional de Ópera e Drama, órgão representativo do Reino Unido para teatro amador e comunitário, durante o qual foi presidente da Voluntary Arts England. Atualmente é presidente do Conselho Nacional de Música, que existe para promover os interesses do setor musical como um todo.

 

 

 

Momchil Georgiev


Membro da Direção da Rádio Nacional Búlgara
Professor de Gestão Cultural da Academia Nacional Búlgara

 

Tema de apresentação 

O perfil do gerente de Orquestra

 

Biografia
Professor associado, nasceu em 15.08.1959 em Sofia, Bulgária.
A sua formação é principalmente no campo da música - como flautista e musicólogo, em teoria cultural e economia. A sua vasta experiência profissional inclui cargos de administração e administração de alto e médio nível, além de atividades analíticas e de consultoria e experiência de palestrante: Membro do Conselho Executivo da Rádio Nacional da Bulgária (BNR), Conselheiro do Ministro da Cultura, Diretor de "Música Diretor do Centro Nacional de Música e Dança - Ministério da Cultura, Diretor do Departamento de Música e Ensemble e membro do Conselho de Programas do BNR, Diretor do Centro Nacional de Música e Dança - Ministério da Cultura, Diretor Administrativo do Teatro de Música do Estado - Sófia, professor do Instituto Superior de Teatro e Música de Damasco - Síria (Fundadora da Escola de Flauta da Síria), Jornalista e Editor Musical (mais de 130 publicações), etc. Dentro do amplo escopo de suas atividades públicas, podem ser destacadas as seguintes nomeações: Secretário-Geral da Associação Búlgara de Empregadores na Cultura (BAROK), Gerente de Programa do Festival "Sofia Music Weeks", Presidente da Fundação "Prof. Vladi Simeonov", especialista e consultor de diferentes programas PHARE e da UE, professor em Gestão de Artes Cénicas na Academia de Música do Estado, Universidade Nova Búlgara, Universidade de Economia Mundial e Nacional.

 

 

 

Elena Dubinets


Vice-presidente de Planeamento Artístico da Orquestra Sinfónica de Seattle

 

Tema de apresentação 

Atrair novas audiências: novos conceitos de programação e formatos de concertos

 

Biografia
Elena Dubinets é vice-presidente de Planeamento Artístico da Orquestra Sinfónica de Seattle e Professora Associada da Universidade de Washington.
Em 2010-2014, foi presidente da Comissão de Música da Cidade de Seattle nomeada pela Câmara Municipal de Seattle.
Na Orquestra Sinfónica de Seattle, trabalha em estreita colaboração com o diretor musical Ludovic Morlot para selecionar os artistas convidados a nível mundial e programar o repertório inspirador e emocionante que continuam a melhorar a bem merecida reputação da Orquestra pela sua excelência artística. Aqui, Elena ocupou cargos nos departamentos de planeamento artístico, relações públicas e marketing e programou apresentações, eventos de festivais e transmissões de rádio e liderou as colaborações artísticas da Sinfónica com vários grupos artísticos.
Fora da Sinfónica de Seattle, apresentou festivais de música contemporânea na Rússia, Europa, América Latina e EUA.
Elena recebeu os graus M.A. e Ph.D. do Conservatório Estatal de Moscovo Tchaikovsky, Rússia e vive nos Estados Unidos desde 1996.

 

 

 

 

 P  R  O  G  R  A  M  A

 2017 BM CONFERENCIAS ORQUESTRAS JORNAL PAPEL 750

 

 

 

Quinta-feira, 15 Junho


 

14.00 – 19.00
Chegada dos participantes e convidados

 

19.30
Receção de boas vindas
Cocktail CCC - Conversas da Gandarinha

 

 

Sexta-feira, 16 Junho


 

9.30 – 10.00
Inscrição – check in Secretariado OCCO

 

10.00 – 10.30
Sessão introdutória
Palavras de boas vindas pelo Vice - Presidente da CMC

Apresentação dos participantes

Maestro Nikolay Lalov

 

10.30 – 10.50
Dra. Paula Varanda - Diretora Geral das Artes

A situação das Orquestras em Portugal e apresentação da DGArtes

 

10.50 – 11.10
Francisca Fernandes – Presidente da Associação PERFORMART

Apresentação da PERFORMART – Associação para as Artes Performativas

 

11.10 – 11.30
Nikolay Lalov – Apresentação da Orquestra de Câmara de Cascais e Oeiras

 Um Projeto criado com entusiasmo

 

11.30 – 11.45

Café - Conversas da Gandarinha

 

11.45 – 12.15

 

12.15 – 12.30
1º Painel | Moderador Francisca Fernandes

 

Mark Pemberton
Diretor da Associação de Orquestras Britânicas

Discussão aberta

Tema de apresentação | O desafio do modelo de negócios de Orquestras

 

 

13.00 – 14.00

Almoço - Conversas da Gandarinha

 

14.00 – 14.30

 

14.30 – 14.45

2º Painel | Moderador Maestro Nikolay Lalov

Prof. Dr. Momchil Georgiev

Especialista em Gestão Musical

 

Discussão aberta

Tema de apresentação | O perfil do gerente de Orquestra

 

14.45 – 15.00
Café - Conversas da Gandarinha

 

15.00 – 15.30

 

 

15.30 – 15.45
3º Painel | Moderador Prof. António Wagner Dinis
Membro da Direcção do Conservatório Nacional e da direção da Orquestra Geração

 

Géza Kovács
Associação das Orquestras Nacionais Húngaras e Presidente da PEARLE – Liga Europeia das Associações dos Empregadores de Artes Preformativas

 

Discussão aberta

Tema de apresentação | Educação Musical e Orquestras

 

16.00 – 17.30

 

18.00

Visita ao Museu da Música Portuguesa
Apresentação e Recital da OCCO

 

Apresentação e Recital

 

 

Sábado, 17 Junho


 

10.00 – 10.30

 

10.30 – 10.45
4º Painel | Moderador Maestro Cesário Costa

 

Elena Dubinets
Vice-Presidente do Planeamento Artístico da Orquestra Sinfónica de Seattle

 

Discussão aberta

Tema de apresentação | Atrair novas audiências: novos conceitos de programação e formatos de concertos

 

10.45 – 11.00

Café - Conversas da Gandarinha

11.00 – 11.30

 

11.30 – 11.45
5º Painel | Moderador Dr. Jorge Barreto Xavier

 

Christopher Widauer
Vienna State Opera

 

Discussão aberta

 

Tema de apresentação | Opera 4.0 – Etapas digitais para Ópera e Concerto. Desenvolvimento, oportunidades, riscos, potencial da Internet para locais culturais

 

12.00 – 13.00

 

Mesa Redonda – Moderador Maestro Nikolay Lalov e Dr. Jorge Barreto Xavier

 

13.00 – 14.00

 

Almoço
Conversas da Gandarinha

 

14.30 – 16.00

 

Conclusões – Maestro Nikolay Lalov

 

16.00 – 16.15

 

Café
Conversas da Gandarinha

 

16.15 – 17.00
Encerramento da Conferência

 

18.30
Jantar de despedida Conversas da Gandarinha

 

Domingo, 18 Junho

 

10.00
Visita a Cascais e Sintra

 


 

 

Agenda

<<  Setembro 2017  >>
 Se  Te  Qu  Qu  Se  Sá  Do 
      1  2  3
  4  5  6  7  8  910
11121314151617
18192021222324
252627282930