Frontpage Slideshow (version 2.0.0) - Copyright © 2006-2008 by JoomlaWorks

17 SETEMBRO EM CASCAIS

Vanessa Redgrave185x104

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

17 SETEMBRO

 

Vanessa Redgrave em Cascais 

 

Vanessa Redgrave, CBE, estará presente no Festival Internacional de Cultura de Cascais para ser homenageada pela Fundação D. Luís I e pela Academia Portuguesa de Cinema. No programa da artista britânica há uma master class com actrizes/actores portugueses, a exibição do filme Julia, de Fred Zinnemann (17 horas, Casa das Histórias Paula Rego), a que se seguirá uma conversa com o público (19h) moderada pelo jornalista António Borga.

 

 Vanessa Redgrave750x422

© Reuters

 

Vanessa Redgrave (Atriz e Realizadora)

Vanessa REDGRAVE recebeu, enquanto atriz, é recipiendária de diversos pré mios: Oscar, Golden Globe, Festival de Cannes, Tony e Olivier. É, desde 1990, Embaixadora de Boa Vontade da UNICEF e produziu, ao longo de três décadas, numerosas longas-metragens, documentários e eventos que tratam de questões relacionadas com direitos humanos e justiça social, nomeadamente The Palestinians (1978); foi apoiante da perestroika e da glasnost de Mikhail Gorbachov e financiou e produziu a primeira visita a Londres da companhia russa de teatro judaico Shalom (1988); em novembro de 1989, quando atuava em Orpheus Descending, em Nova Iorque, financiou e produziu um concerto de beneficência – The Wall Breaks – com importantes artistas russos e americanos. Na década de 1990 procurou auxiliar as crianças das repúblicas da antiga Jugoslávia com iniciativas como a produção de um filme sobre a guerra (Letters from New York to Sarajevo, com Carlo Nero) baseado num concerto que ela produziu em Nova Iorque para apoiar via UNICEF as crianças cercadas em Sarajevo. Esteve no Kosovo antes e depois da libertação para apoiar os refugiados. Em 1998 visitou pessoas em busca de asilo que estavam em muitas prisões do Reino Unido sob o patrocínio de Women's Commississions for Refugees e Amnistia Internacional. Em 2001 visitou Moscovo e depois a Inguchétia onde esteve nos campos de refugiados chechenos e inguches.
Vanessa Redgrave e Carlo Nero fizeram o seu primeiro documentário de Dissent Projects (Russia/Chechnya: Voices of Dissent) com a colaboração de cineastas russos e de colegas dos direitos humanos. Em 2005 recolheram fundos para fazer Wake Up World, um filme de louvor ao trabalho da UNICEF. Foi exibido em dezembro de 2006 na CASA da UNICEF (Nova Iorque).
Em 2007 The Fever, realizado por Carlo Nero, baseado na peça de culto de Wallace Shawn, foi exibido na televisão durante um mês por HBO Films. Este filme foi coproduzido por Vanessa Redgrave, que também nele desempenhou o papel principal, e garantiu-lhe uma nomeação como Melhor Actriz por Screen Actors Guild.
Em 2009 Vanessa Redgrave produziu e participou num evento de recolha de fundos para UNICEF e UNRWA realizado na Catedral de Saint John the Divine, em Nova Iorque.
Em 2010/11, com Carlo Nero, coproduziu e eco-documentário The Killing Fields. No final de 2014 regressou a Sarajevo com Carlo Nero para projetar o documentário de ambos Bosnia Rising.
Em 2015 coproduziu, com Carlo Nero, em Gaza, na Margem Ocidental e Jerusalém, Eyes of St John, um documentário para o St John of Jerusalem Eye Hospital Group. Este filme recebeu o prémio de Melhor Documentário Internacional no Festival Internacional de Curtas-Metragens de Londres, bem como Best Shorts – Award of Ecellence e Humanitarian Award – Outstanding Achievement de Global Film Awards.
Em 2016/17 V. Redgrave realizou a sua primeira longa-metragem, o documentário Sea Sorrow, sobre a crise dos refugiados que se vive atualmente. A obra foi selecionada para o Festival de Cannes e outros festivais internacionais e terá exibição comercial em Portugal.

 

Agenda

<<  Setembro 2017  >>
 Se  Te  Qu  Qu  Se  Sá  Do 
      1  2  3
  4  5  6  7  8  910
11121314151617
18192021222324
252627282930