Exposição 60 Anos de Fotografia

Inauguração prevista para 11 de Setembro às 21h30
Até 8 de Novembro de 2015

 

xxl SS 750x250

Estreia Mundial no Centro Cultural de Cascais

Sam Shaw: 60 Anos de Fotografia

 

O Shaw Family Archives elegeu o Centro Cultural de Cascais como ponto de partida para a digressão mundial da grande retrospectiva da obra do famoso fotógrafo nova-iorquino, que inaugura em 11 de Setembro. Composta por mais de 200 fotografias, conta com imagens raras e nunca antes apresentadas ao público.
Sam Shaw: 60 Anos de Fotografia percorre as mais de seis décadas da fantástica carreira de Shaw, da qual fazem parte imagens tão célebres como a fotografia de Marilyn Monroe, de saia esvoaçante sobre o respiradouro do metro, em Nova Iorque, uma das poucas que, como confessou à sua biógrafa Lorie Karnath, «encenou».

Shaw retratou praticamente todas as estrelas da indústria cinematográfica da sua época, de quem foi amigo, mas também músicos, artistas, escritores e intelectuais da altura, sendo que alguns dos seus trabalhos são bem conhecidos do público cinéfilo português.

 

 

3  Marilyn Monroe New York City 1954  Das verflixte 7  Jahr 500x326

© Sam Shaw Inc. / www.shawfamilyarchives.com
Marilyn Monroe, New York City 1954 (The Seven Year Itch)
 
 

 


Saw Shaw

Sam Shaw nasceu em Janeiro de 1912, em Nova Iorque, tendo ficado famoso em todo o mundo pelas suas excelentes fotografias de cena e de famosas estrelas de cinema. Foi também produtor de vários filmes, nomeadamente de John Cassavettes, tendo visitado Portugal em 1992, a convite de um dos fundadores do Festival Internacional de Cinema de Tróia, Salvato Teles de Menezes, onde foi homenageado.

 

Jovem empreendedor, Sam Shaw desempenhou numerosas actividades e profissões, até que no início dos anos 50 começou a trabalhar na pujante indústria cinematográfica norte-americana como fotógrafo de cena. Pânico nas Ruas, de Elia Kazan, foi um dos primeiros filmes em que participou. Fotografou centenas das mais famosas estrelas de cinema, como Marilyn Monroe, Marlon Brando, Woody Allen, Humphrey Bogart, Alfred Hitchcock, John Wayne, Fred Astaire, Elizabeth Taylor, Ingrid Bergman, Sophia Loren, Charlie Chaplin, Audrey Hepburn, Frank Sinatra, Anthony Quinn, Gary Cooper, entre tantos outros.

 

É de Sam Shaw a famosa fotografia de Marlon Brando com a t-shirt rasgada, que se tornou no símbolo mais persuasivo do filme Um Eléctrico chamado Desejo, sendo também da sua magistral autoria a icónica fotografia de Marilyn Monroe com a saia levantada pela aragem de um respirador do metropolitano relacionada com o filme O Pecado Mora ao Lado.

 

Na década de 60 interessou-se pela produção cinematográfica, sendo de 1961 o primeiro filme que produz, Noites de Paris, com Paul Newman e Sidney Poitier. Produziu depois deversos filmes do homem Por muitos considerado o pai do cinema independente americano, John Cassavetes, mas nunca abandonou a sua maior e mais famosa especialidade: fotógrafo de cena.Morreu em Abril de 1999. Além da sua extraordinária colecção de fotografias de cena e de muitos dos mais famosos actores e actrizes do olimpo cinematográfico mundial, que o tornaram famoso, Sam Shaw também se interessou por escultura, música, teatro, pintura, literatura, cartoon.


Graças ao entusiasmo e trabalho doe filhas e neta, que fundaram o Shaw Family Archives, o extraordinário trabalho que Sam Shaw realizou ao longo de 60 anos está preservado e é promovido em todo o mundo, sendo Portugal o primeiro país que vai poder apresentar esta selecção de mais de 200 fotografias; no Centro Cultural de Cascais, em Setembro deste ano.

Agosto | 2015


 

 AF CONVITE SAM SHAW2B9E25D 400x277

 Clique na Imagem para visualizar Convite

 

 

 


Sam Shaw não fotografou só a saia levantada de Marilyn

 
Sam Shaw fotografou Hollywood. Mas também mineiros e cenas de crime.
A exposição Recordando Sam Shaw chega a Cascais em Setembro.
 
 publico 250x209

in PÚBLICO, 01/06/2015