Frontpage Slideshow (version 2.0.0) - Copyright © 2006-2008 by JoomlaWorks
Início Exposições Exposições Anteriores conversas doBAIRRO 2018
conversas doBAIRRO 2018

2 0 1 8


 

LOGO2 conversasbairro copy

 

As Conversas no Bairro estão de regresso a Cascais. A Câmara Municipal de Cascais e Fundação Dom Luís I abrem portas à reflexão e ao pensamento com um ciclo de encontros entre público, historiadores, jornalistas, médicos, encenadores e académicos. Artes, Política, História, Medicina e Música são algumas das áreas que levam à Casa Sommer, ao Espaço Memória dos Exílios e ao Museu da Música Portuguesa o jornalista José Ferreira Fernandes e o encenador Hélder Costa; Ruben de Carvalho e Silvério Rocha Cunha ou José Germano de Sousa, entre outras personalidades.


Entre as temáticas para a terceira edição deste ciclo estão: Os "50 anos de Maio de 68", em que participam o jornalista José Ferreira Fernandes e o encenador Hélder Costa; "A Medicina durante a Expansão Portuguesa", pelo médico e antigo bastonário da Ordem dos Médicos José Germano de Sousa; "200 anos do Pensamento marxiano", com Rubem de Carvalho e Silvério Rocha Cunha; "Os Contos Populares", com o escritor e jornalista José Viale Moutinho; "50 anos de Invasão de Praga", pelo arquiteto Manuel Augusto Araújo e "A Música no Cinema", por Manuel Deniz de Sousa.


Numa organização da Câmara Municipal de Cascais e da Fundação Dom Luís I, as Conversas no Bairro integram a programação do Bairro dos Museus de Cascais.

 

 

conversas BAIRRO2018-2 19201080 754x1340 2

 

 

 

 

 

 755372 CONVERSAS junho

 

 

 

 

 

755CONVERSASmaio

 

 

 

 

755372 CONVERSAS21abril

 

 

 

 

755372 CONVERSAS17marco

 

A primeira Conversa no Bairro "As Imagens e o Tempo: a Arte nos Percursos Humanos" decorreu no dia 17 de março, na Casa Sommer, com a investigadora Isabel da Silva Costa. Licenciada em História de Arte, com pós-graduação sobre relações entre a arte e política do Estado Novo, tendo participado no levantamento e inventariação de património artístico, Isabel da Silva Costa irá destacar "uma forma não convencional de olhar a arte, num exercício em que se coloca lado a lado arte contemporânea e a arte pré-histórica. Uma proposta de reflexão sobre o significado e a função da arte, a partir das tensões expostas entre dois períodos artísticos tão distantes no tempo".

 

 

conversasnoBAIRRO2018 19201080 754x1340

 

 

 

 

 

 

 

 2 0 1 7


CONVERSAS 750


 

 

Agenda

<<  Junho 2018  >>
 Se  Te  Qu  Qu  Se  Sá  Do 
      1  2  3
  4  5  6  7  8  910
11121314151617
18192021222324
252627282930