Frontpage Slideshow (version 2.0.0) - Copyright © 2006-2008 by JoomlaWorks
MARIA MANUELA LOPES

Exposição Ethonology
24 de Janeiro a 23 de Março de 2008

ethonogy_xxl


A Fundação D. Luís I apresentou no Centro Cultural de Cascais o Projecto apresentado e coordenado por Maria Manuela Carvalho de Sousa Lopes, professora de Artes Plásticas na ESAD, Caldas da Rainha, centrado num trabalho experimental de equipa com apresentação final como instalação artística. Trata-se de uma instalação interactiva que surge da relação do crescimento de conexões, do fluir livre do pensamento e das atitudes perante uma situação particular (contexto/escolhas). Inclui imagens de vídeo digital capturadas de reacções celulares do sistema imunitário a invasores, tema tipo da abordagem lúdica do jogo (interactividade) e das características do termo "vírus" comum à linguagem médico-científica e simultaneamente de qualquer utilizador de sistemas digitais – condição sine qua non na sociedade actual.

 

 

P1010883 editado 370x208 P1010827 editado 370x208

P1010821 editado 370x208 P1010864 editado 370x208

P1010853 editado 370x208 P1010915 editado 370x208

P1010801 editado 370x208 P1010920 editado 370x208

 

Maria Manuela Lopes

Maria Manuela Lopes é uma artista plástica e investigadora que trabalha essencialmente em Portugal e no Reino Unido. A sua prática corrente é transdisciplinar investigando relações de memória e autoidentidade informadas pelas ciências biológicas e pela investigação médica e apresenta-se a público em formato de instalações multimédia ocasionalmente incluindo materiais biológicos. O seu trabalho tem sido mostrado nacional e internacionalmente e a autora tem ensinado em Portugal desde 198. Estudou escultura na FBAUP – Porto e fez um MA no Goldsmiths College em Londres. Presentemente encontra-se a concluir um Doutoramento por projeto na UCA- Farnham, no Reino Unido (sob orientação de Kathleen Rogers, João Lobo Antunes e Judith Williamson) na área de New Media-Fine Arts e sob a questão das estratégias de representação da doença de Alzheimer – Artes Plásticas na investigação laboratorial clínica de neurociências (Hospital Santa Maria e Instituto de Medicina Molecular – Lisboa). Maria Manuela Lopes é também Diretora Adjunta de dois programas de residência artística portugueses: 1) Ectopia – Laboratório de experimentação Artística; Lisboa, e 2) Cultivamos Cultura, programa de residência ecologicamente orientado no protegido Parque Natural do Sudoeste Alentejano. Tem apresentado os seus projetos em conferências e também publicado tanto a nível nacional como Internacional.




 

 

 

Agenda

<<  Novembro 2017  >>
 Se  Te  Qu  Qu  Se  Sá  Do 
    1  2  3  4  5
  6  7  8  9101112
13141516171819
20212223242526
27282930